Luciano marca, mas São Paulo não consegue vencer Vasco e assumir a liderança do Brasileirão

O São Paulo enfrentou o Vasco, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi, e . Marcaram os gols do jogo Luciano e Cano. Embora não tenha vencido, o time da casa mantém a sequência de sete jogos sem perder, porém, não assume a liderança da tabela.

Com este resultado, o Tricolor do Morumbi chega a 37 pontos e ocupa terceira posição. Já o Vasco se encontra em 16º colocado e 24 pontos.

A próxima partida dos comandados de Diniz será pelo Campeonato Brasileiro, contra o Ceará, na quarta-feira (25) às 19h15. A partida é um dos três jogos atrasados da equipe no campeonato. Já o Cruz-maltino encara o Defensia Y Justicia, pelas oitava de final da Copa Sul-Americana, na quinta-feira (26) às 21h30.

Erros das equipes fazem alegria dos atacantes

São Paulo e Vasco fizeram uma primeira etapa que começou equilibrada e acabou com o Gigante da Colina melhor. O Tricolor começou pressionando o Vasco e criou duas chances importantes. Uma com Sara, de falta, e outra com Luciano. Já o time visitante, quando chegou, assustou e marcou.

Aos 18 minutos, o atacante Cano aproveitou o erro da linha de impedimento da zaga do São Paulo, e partiu em velocidade. Ele entrou na área e chutou no canto esquerdo de Volpi, antes de Bruno Alves chegar.

Apesar de terminar melhor a primeira etapa, o Vasco viu sua vantagem ruir em um erro de saída de bola. A defesa vascaína foi pressionada e a bola sobrou limpa para Luciano. Ele bateu de primeira, no contrapé do goleiro, e empatou a partida.

De ruim, durante o primeiro tempo, para o Diniz, apenas o terceiro cartão amarelo de Brenner, que o tirou da próxima partida do Brasileirão. Ele é o artilheiro do SP na temporada, com 17 gols.

São Paulo domina posse de bola, mas para no paredão vascaíno

A etapa final começou com o goleiro Lucão fazendo ótima defesa, na finalização de Brenner, e evitando a virada do Tricolor.

Aos 09, Cano fez lindo lançamento para Pikachu, que tentou o drible e dividiu com Léo. Na sobra, Bruno Alves se antecipou ao atacante Torres e jogou para escanteio.

O restante do segundo tempo contou com muita posse de bola do time da casa e os visitantes apostando no contra-ataque. Quando o São Paulo conseguia uma oportunidade de ataque boa, ele parava no goleiro Lucão ou na defesa vascaína.

Ficha técnica:

São Paulo x Vasco

22ª rodada – Campeonato Brasileiro

Local: Morumbi

São Paulo: Tiago Volpi, Juanfran (Tchê-Tchê), Bruno Alves, Léo Pelé e Reinaldo; Luan (Vitor Bueno), Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes (Pablo); Luciano e Brenner (Trellez).
Técnico: Fernando Diniz.

Gol: Luciano.

Vasco: Lucão, Miranda, Jadson e Ricardo Graça; Yago Pikachu, Marcos Júnior, Leonardo Gil (Andrey) e Henrique (Neto Borges); Gustavo Torres (Juninho) e Vinícius Paiva (Lucas Santos); German Cano (Ygor Catatau).
Técnico: Ricardo Sá Pinto.

Gol: Germán Cano.

Diego Palma

Diego Palma

Um dos fundadores do Resenha Livre, amante de futebol, de uma boa conversa e apaixonado pelo jornalismo. Além daqui, trabalho como Assessor de Comunicação da Brasilera Digital desde agosto de 2019. Já atuei como assessor de imprensa freelancer da PMCOM Imagem e Conceito, na editoria de esportes do Grupo Tribuna, como apresentador/repórter (#saudades), e como colaborador freelancer do site Torcedores.com

115 thoughts on “Luciano marca, mas São Paulo não consegue vencer Vasco e assumir a liderança do Brasileirão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *